Assessoria jurídica: o que é e qual a importância para a sua empresa.

Assessoria jurídica: o que é e qual a importância para a sua empresa.

29 de julho de 2021 tutoriais

A assessoria jurídica geralmente é prestada por um grupo de advogados, operadores do direito e demais pessoas ligadas à administração jurídica da empresa. Dependendo do porte do empreendimento, ela pode ser ramificada em diversos outros setores.

 

Atuando como advogado em Brasília, já prestei assessoria jurídica a diversas empresas. Agora chegou a hora de passar algumas informações sobre esse tema a você. Então não perca o foco e continue lendo para entender a importância desse setor no seu negócio!

Importunação é crime! Leia nosso post sobre o assunto.

O que é assessoria jurídica?

Assessoria jurídica é um serviço de acompanhamento e auxílio prestado por advogados e demais profissionais do direito a uma determinada empresa ou negócio. Ela é o setor que cuidará das demandas judiciais do empreendimento.

 

A assessoria atua tanto na esfera preventiva quanto repressiva do negócio, trabalhando para que a empresa reduza as chances de ser acionada na justiça, bem como, na defesa de processos já existentes.

Leia também sobre ação de inventário

O que faz uma assessoria jurídica?

 

Uma assessoria jurídica faz um trabalho de auxílio e acompanhamento judicial de uma empresa, operando no sentido de reduzir demandas judiciais em desfavor do negócio e buscar oportunidades para a saúde financeira do empreendimento.

 

Um assessor jurídico protege os direitos de uma empresa, ingressando com defesas, petições, recursos e demais atos judiciais capazes de resguardar o patrimônio do negócio. Ele também atua ajudando na redução dos custos e despesas do empresário.

 

Um exemplo do que faz uma consultoria jurídica é quando a sua dívida não está mais no setor de cobranças, mas sim, no departamento jurídico da empresa. Nesse caso, você negocia diretamente com o advogado e sua equipe, podendo fazer um acordo extrajudicial.

 

Quem pode prestar consultoria jurídica?

 

De acordo com o art. 1º da Lei nº 8.906, de 1994, somente um advogado pode prestar consultoria jurídica. Nesse sentido, uma consultoria jurídica não pode ser realizada por bacharéis ou estudantes de direito.

 

Mas isso não quer dizer que bacharéis ou estudantes de direito não possam fazer parte de uma assessoria jurídica. Ela deve sempre ser prestada por um advogado, porém, esse profissional pode contratar demais pessoas do ramo para auxiliá-lo em suas demandas.

 

Como montar uma assessoria jurídica?

 

O primeiro passo para se montar uma assessoria jurídica é você ser um advogado. Posteriormente, você deve reunir pessoas do ramo jurídico para fazerem parte de sua futura assessoria.

 

Com a estrutura pessoal formada, está na hora de você organizar os procedimentos internos de sua consultoria jurídica. Você pode dividir algumas tarefas em setores diferentes, tais como atendimento ao cliente, setor de cobranças, demandas judiciais, etc.

 

Lembre-se que quanto mais for ramificada a sua assessoria, maior será a chance da quebra de comunicação entre um setor e outro, podendo prejudicar os procedimentos internos. Nesse sentido, mantenha sua equipe sempre alinhada.

 

Por fim, você deve firmar contratos de assessoria jurídica com empresas. Esse é o maior desafio de uma consultoria jurídica, por isso, invista no marketing jurídico de forma correta e ética. 

 

Quanto ganha um assessor jurídico?

 

Não dá para saber o valor exato que um assessor jurídico ganha. Vai depender do número de contratos e parcerias que ele possui com empresas e outras assessorias jurídicas. O importante é sempre manter qualidade no atendimento e não quantidade de contratos.

 

Assessoria jurídica em Brasília

 

Se você estiver procurando por uma assessoria jurídica em Brasília e região, basta entrar em contato comigo através dos telefones constantes no sítio. Não deixe também de me seguir no Instagram e Facebook. Lá eu também respondo algumas dúvidas.










Deixe um comentário